Entrevista pro site Literatura de Cabeça


Um site que aborda, resenha, desresenha e dilvulga o que anda rolando na Literatura brasileira. Dei uma entrevista bem legal pra eles, gostaram bastante. Aqui o link pra voces ó:


E mais uma mini mini crítica no Ilustríssima. Certamente considerou a minha literatura rasa (marinheira de primeira viagem) mas minhas histórias "deixam o best-seller britânico "50 Tons", de E. L. James, no chinelo."



Ah, e só pra constar...  alguns artistas e escritores são garotinhos classe média alta deprê, copias baratas de Mister D F Wallace. Fazem intercâmbio, falam cinco línguas, são melancólicos ex-alunos do Israelita e se sentem "culpados" - ao menos na construção narrativa - pela própria condição. Muita firula estrutural pós moderna acadêmica. E, talvez por eu ser mulher, chamaram minhas práticas de travessuras.

TRAVESSURAS? Vem cá meu amigo, tu leu?

*Lê inteiro meu amigo, e vem fazer "travessura" comigo.*



2 comentários:

  1. Dommenique, teremos versões digitais de seu livro para venda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. William, ainda não tenho informação sobre isso... assim que tiver a versão online - ou até uma ditada pelo Cid Moreira - eu aviso aqui ;)

      Excluir

Dommenique Luxor. Tecnologia do Blogger.